MAIS QUE UM COTURNO MILITAR, UM LEGADO

Localizada em Três Corações, Minas Gerais, a Atalaia é reconhecida nacionalmente por fabricar o melhor coturno militar do mercado.

A empresa foi responsável por inúmeros conceitos desenvolvidos na fabricação do seu coturno militar – que foram utilizados pelo próprio exército – como o solado em poliuretano (PU), o couro em vaqueta lisa (BOX), a aplicação do auto brilho, o zíper oculto, e o famoso solado troller.

A Atalaia se destaca por sua constante atualização em relação ao mercado, procurando atender cada vez melhor a demanda dos amantes de um bom coturno militar.

 

A Atalaia foi fundada em 1959 pelos irmãos Pedro e Jorge Gibram. De origem libanesa, a família Gibram chegou ao Brasil e superou a pobreza e outros desafios, adaptando-se bem ao país.

Com espírito empreendedor instaurado em suas veias, – típico dos libaneses – em poucos meses os irmãos Pedro e Jorge conseguiram estabelecer um negócio local na cidade de Campo Belo – MG.

Lá, viveram sua infância trabalhando em um pequeno comércio da família.

Ao atingirem a idade necessária para ingressar nas Forças Armadas, Pedro e Jorge seguiram para Três Corações – MG, onde existia a sede da recém-aberta ESA (Escola de Sargentos das Armas), substituindo o então 4º Regimento de Cavalaria Divisionária.

Em Três Corações, um novo capítulo começa na vida destes dois irmãos: Jorge decide abrir a “Calçados Santo Antônio”.

Juntamente com a loja, havia uma oficina para conserto de calçados, onde Pedro iniciou o seu ofício de sapateiro. Por ser dotado de um dom único, ele manuseava muito bem todo tipo de trabalho manual, e logo desenvolveu o seu primeiro modelo do coturno militar, que em breve se tornaria o primeiro Atalaia.

A oficina “Rápido dos Calçados” estava localizada em frente ao 4º RCD e por isso prestava diversos tipos de reparos em coturnos militares, procedimento padrão na época. Através de uma demanda de um coronel, os irmãos comercializaram sua primeira e pequena leva de coturnos, causando grande interesse nos militares do regimento.

O espírito empreendedor falou mais alto, e o Jorge – como um bom negociante e grande visionário- logo percebeu os rumos que esta confecção poderia tomar. A união de um visionário junto com um grande sapateiro foi um dos motivos da receita do sucesso do calçado militar mais conhecido do Brasil, que em breve ganharia o mundo.

Em 1959, os irmãos construíram a sede própria da marca na cidade de Três Corações-MG.

Com importantes investimentos de grandes parceiros na época, a Atalaia forneceu diretamente ao Exército por muitos anos, enviando amostras e oferecendo produtos melhores e diferenciados – comparados aos que eram fornecidos pelas Forças Armadas. Seu principal canal era as alfaiatarias militares.

Nessa fase, a Atalaia se tornou a pioneira em projetos de desenvolvimento de novas tecnologias para o mercado de calçados militares.

Atualmente, a Atalaia mantém a fabricação própria e todos os ensinamentos repassados e até hoje acompanhados pelo próprio Pedro, que se encontra totalmente lúcido e saudável aos 87 anos.

Ele ainda acompanha o trabalho dos filhos e netos, cobrando e exigindo sempre o padrão de qualidade elaborado por ele em seus primeiros pares.